[Novidades] Dicas Para Recarregar Seu Smartphone De Forma Mais Rápida



Os smartphones vêm exercendo um papel cada vez mais essencial no nosso cotidiano e a ideia de ficar sem bateria durante o dia pode nos soar como um verdadeiro pesadelo.
Por isso, é comum estarmos sempre envoltos a carregadores eadaptadores para não sermos pegos desprevenidos quando aquela barrinha começar a ficar vermelha.
Até entendemos que as baterias não são eternas. O difícil de compreender é a razão delas durarem tão pouco. A verdade é que, muitas vezes, a culpa por essa baixa autonomia é do próprio usuário. A falta de informação e os mitos que circundam o tema reforçam as práticas de hábitos prejudiciais a vida útil do aparelho.
Para saber como maximizar a durabilidade e evitar erros que, em vez de ajudar, deixam a bateria ainda pior, confira 9 dicas abaixo:

1.Portas USB = lentidão

Apesar de ser muito prático, conectar o celular nas portas USB do computador ou do carro não é algo recomendado para quem deseja carregar a bateria com rapidez. Isso porque a energia elétrica liberada equivale a metade da oferecida em um carregador de tomada convencional, o que atrasa a recarga.

2.Ative o modo avião


Com o modo avião ligado, o aparelho economiza energia ao desativar as opções de acesso à rede 3G e ao WiFi. Porém, a diferença é pequena. Carregar 10% da bateria com o modo avião ativado, por exemplo, é só 1 minuto mais rápido do que pelo método tradicional.

3.Utilize carregadores de boa qualidade 


Carregadores originais, da mesma marca do celular, são os mais indicados para recarga. Porém, por serem mais caros, os usuários acabam optando por alternativas mais baratas. No entanto, essa escolha pode se mostrar arriscada. Vale lembrar que carregadores menos conhecidos e de baixo custo também funcionam, o problema, na verdade, está nos carregadores “piratas”, de fornecedores desconhecidos, que não carregam de forma adequada e podem danificar o celular.
Equipamentos falsificados podem até trazer risco de morte ao usuário, como foi o caso da comissária de bordo Ma Ailun, que morreu eletrocutada enquanto carregava seu iPhone 5, em 2013. À época, a perícia descobriu que o incidente foi causado pelo carregador “pirata”. É importante ressaltar que, quando o fabricante respeita as regulamentações, é praticamente impossível que casos como esse aconteçam.

4.Carregadores com maior amperagem


Carregadores de tablets geralmente possuem pouco mais de 2 amperes (A), enquanto equipamentos de celulares tradicionais possuem apenas 1 A. A diferença de potência elétrica faz com que os smartphones carreguem mais rapidamente do que o normal.
Ao contrário do que se pode imaginar, não há problemas em utilizar um equipamento de maior amperagem. Para verificar a intensidade do carregador, observe as informações escritas ao longo do equipamento: amperagem é referida com um “A” maiúsculo (2.4 A, por exemplo).

5.Não espere a bateria acabar para recarregar


Diferentemente do senso comum, carregar o celular antes que a bateria tenha acabado por completo não é errado. Essa prática, que já foi válida um dia, se tornou obsoleta quando as baterias dos principais smartphones passaram a ser de íon de lítio.
*A Apple informa que as baterias de íon de lítio, que carregam mais rápido, pesam menos e têm vida útil mais longa, podem ser carregadas a qualquer momento. Não há necessidade de usar 100% delas antes de recarregá-las.
De acordo com o site Battery University, o ideal é carregar o aparelho várias vezes durante o dia por pouco tempo, e não poucas vezes por longos períodos. Isso não só permite que a bateria do seu celular tenha “um desempenho ótimo”, como também evita que sua carga se aproxime do zero.
Ainda segundo o site, o indicado é que o dispositivo sequer atinja sua carga máxima, pois a exposição frequente a uma alta voltagem pode danificá-lo no longo prazo.
O recomendado é carregar o smartphone sempre que ele tiver consumido aproximadamente 10% de sua bateria e retirá-lo da tomada um pouco antes de ele completar 100% de carga.

6.Evite o superaquecimento durante a recarga

Especialistas recomendam que você mantenha o aparelho em temperaturas moderadas e o retire da tomada imediatamente se ele estiver ficando quente. Uma forma de evitar o superaquecimento é tirar a capinha enquanto ele estiver plugado.

7.Feche aplicativos de multitarefas


Ao colocar o aparelho para carregar, procure fechar os processos em andamento no multitarefa. Os apps executados em segundo plano consomem um nível significativo de bateria e podem interferir na duração da recarga.

8.Baixe aplicativos que têm a função de aumentar a durabilidade da bateria


Existem vários apps disponíveis para quem quer gerenciar melhor a bateria do celular. O Battery Doctor é uma ótima opção, tanto para Android como para iOS. A ferramenta mostra quanto de energia cada componente está consumindo e permite diagnosticar onde há perdas desnecessárias.

9.Desligue o aparelho

Se você deseja carregar o smartphone da forma mais rápida possível, terá que resistir a tentação de tocá-lo a cada trinta segundos. O recomendado para otimizar o tempo de carga é desligar o dispositivo para economizar energia com conexão de redes e recebimento de notificações.

Fonte: clubedosmartphonecelular.com/

Equipe Optimus Fans
EmoticonEmoticon